Encontre-nos nas redes sociais:

Instagram da IPGO

Use o sistema de busca.

Como é feita a doação de óvulos compartilhada

Home » Doação de Óvulos » Como é feita a doação de óvulos compartilhada
Agende sua Consulta

Leia na hora certa - Use o leitor QR Code e armazene este assunto para ler diretamente em seu Smartphone

O ciclo de doação de óvulos é realizado pela técnica de Fertilização in vitro, na qual os gametas femininos (óvulos) de uma mulher (doadora) são doados a outra (receptora) para que sejam fertilizados. A fertilização é realizada no laboratório com espermatozoides do marido da receptora. A doadora será estimulada com hormônios injetáveis para aumentar a produção de óvulos naquele mês.

No caso da doação compartilhada, a metade dos óvulos será fertilizada com os espermatozoides do marido da doadora e a outra metade com os espermatozoides do marido da receptora.

Vinte e quatro horas após a fertilização, sabemos quantos embriões se formaram. Estes embriões permanecem no laboratório por 2 a 5 dias e, após serem selecionados, serão colocados no útero através de um cateter por via vaginal. Não há necessidade de sedação.

Desta forma, o(s) embrião(ões) transferido(s) para o útero da receptora, será(ao) formado(os) pelo espermatozoide do próprio marido e o óvulo de uma doadora. A receptora recebe dois únicos hormônios (estrogênio e progesterona) para o preparo do endométrio a fim de receber os embriões, pois não existe indução de ovulação. A taxa de sucesso de gravidez é de 65%,  a mesma da paciente doadora, que tem idade ao redor de 30 anos.

Banco de óvulos : Doação de óvulos congelados. 

Informações e dúvidas: (11) 3885-4333 / 3884-3218

e-mail: mariana@ipgo.com.br

Comments

comments