Encontre-nos nas redes sociais:

Instagram da IPGO
Zika Vírus
Espaço Criança
11 Razões para o médico confiar seus pacientes ao IPGO

Use o sistema de busca.

Dicas para os que convivem com mulheres que tem TPM

Home » Dicas para os que convivem com mulheres que tem TPM

Maridos e Namorados:

Tenham paciência, pois neste período as mulheres ficam propensas a brigar. Seja tolerante, evite conflitos e não revide. Evite discussões por problemas sem importância. Se ela for ciumenta nem olhe para os lados.

Ajude nas tarefas domésticas para que ela possa relaxar. Saia com as crianças. Se ela não quiser conversar, não insista, pois é comum que prefiram ficar sozinhas neste momento. Respeite os limites que ela impuser (desde que não estejam exagerando). Atender a um pedido pode ajudar a animá-la.

Procure deixar as críticas para uma oportunidade fora deste período. Se houver por parte dela diminuição do entusiasmo pelo sexo respeite as restrições impostas com compreensão, mas não deixe de ser carinhoso.

Filhos
 
Não façam muito barulho. Televisão e som devem ficar num volume baixo. Evitem conflitos e discussões à toa. Evitem comentários malcriados. Não piorem a situação, não saiam muito à noite evitem deixá-la estressada. Não façam bagunça e procurem deixar o quarto e o banheiro em ordem.

Chefes
 
Esteja atento a mudanças de humor das funcionárias. Saibam que a TPM não é “frescura” é uma realidade que incomoda a todos, principalmente a ela. Estimule as funcionárias a fazer ginástica ou a participar de programas para tratamento da TPM. Se possível introduza ao ambiente de trabalho músicas que tranquilizem o ambiente. Procure deixar as críticas para uma oportunidade fora deste período. Ao reconhecer os sinais de TPM saiba que a funcionária estará mais cansada e a produtividade poderá cair. Seja compreensivo e demonstre que ela poderá compensar suas tarefas em outro dia. Se ela não puder fazê-las delegue a outros profissionais.

Amigos
 
Converse com ela e ajude-a a combater a tristeza. Quando estiver com ela suspenda o cigarro, café, bebidas alcoólicas e doces. Esta solidariedade evitará que ela se sinta estimulada a ingerir tais alimentos. Se ela não quiser sair não insista. Caso aceite o convite procure ir a lugares calmos.

Comments

comments