Encontre-nos nas redes sociais:

Instagram da IPGO

Use o sistema de busca.

ENDOMETRIOSE : Cavidade pélvica tóxica e infertilidade

Home » IPGO News » ENDOMETRIOSE : Cavidade pélvica tóxica e infertilidade
Agende sua Consulta

Leia na hora certa - Use o leitor QR Code e armazene este assunto para ler diretamente em seu Smartphone

 

Dr. Arnaldo Schizzi Cambiaghi

 

endometriose é uma doença definida pela presença de tecido endometrial fora da cavidade uterina e tem uma incidência de aproximadamente 10% em mulheres em idade reprodutiva. Assim, é uma consideração importante na dor pélvica crônica e na infertilidade nessa faixa etária. Além disso, também pode interferir no sucesso da Tecnologia de Reprodução Assistida (ART) e na concepção natural.

remoção de lesões endometrióticas por meio de cirurgia melhorou a capacidade de conceber naturalmente entre 12 e 18 meses após a cirurgia. Verificou-se que o tratamento médico da endometriose melhora significativamente o tamanho da endometriótica e os sintomas da dor. No entanto, melhora as taxas de concepção natural depois que a terapia médica é descontinuada.

 

Leia mais sobre a endometriose:

https://www.guiaendometriose.com.br/

 

A endometriose afeta três áreas principais: a cavidade pélvica, o útero e os ovários. Embora a endometriose afete estas áreas, pesquisas recentes descobriram que a qualidade dos óvulos recuperados em mulheres com endometriose por meio da fertilização in vitro (FIV) não é alterada. Evidências também sugerem que a endometriose afeta negativamente o útero, mas que o bloqueio do agonista do GNRH durante os tratamentos de ART pode melhorar as taxas de implantação do embrião, além de possíveis problemas na gestação.

Acredita-se que o ambiente inflamatório pélvico associado à endometriose, também conhecido como “cavidade pélvica tóxica”, afeta negativamente a concepção natural. Assim, a terapêutica contra esse ambiente pélvico inadequado  por medicamentos e a indicação da vídeo laparoscopia cirúrgica prévia,  podem ser promissores na melhoria da concepção natural e nos tratamentos de FIV com falhas de implantação.

 

Acesse também:

http://www.ipgo.com.br/o-que-e-endometriose/

 

Fonte de pesquisa: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/30196959

Comments

comments