Encontre-nos nas redes sociais:

Instagram da IPGO
Zika Vírus
Espaço Criança
11 Razões para o médico confiar seus pacientes ao IPGO

Use o sistema de busca.

Vitrificação

1 de agosto de 2013
Home » Atualidades » Vitrificação

Leia na hora certa - Use o leitor QR Code e armazene este assunto para ler diretamente em seu Smartphone

 

Contato: saude@ipgo.com.br
Tel. (11) 3885-4333

 

Leia também:

1. Por que a fertilização in vitro pode falhar
2. “Armazenamento” de embriões
3. Os tratamentos de fertilização in vitro
4. Fertilização in vitro em mulheres maduras
5. Fertilização em mulheres com FSH elevado
6. Vitrificação
7. Tratamentos que podem melhorar a fertilidade da mulher e os resultados dos tratamentos de fertilização
8. Biópsia embrionária, PGD e CGH
9. Qual o custo?
10. Vídeos
11. Congelamento de óvulos
12. Home

A técnica de congelamento por vitrificação é realizada pelo IPGO atualmente e assegura resultados excelentes nos tratamentos de fertilização in vitro. A taxa de gestação por esta técnica é praticamente a mesma quando comparados ao estado “fresco” das células. Diferente do congelamento lento ou convencional que provoca a formação de cristais de gelo no interior das células e, consequentemente, danificam a qualidade das mesmas. É utilizada tanto para óvulos como para embriões.

Criada pelo Dr. Masashige Kwayama da Clinica Kato, em Tóquio, no Japão, esta técnica difere da convencional pela rapidez que atinge a baixa temperatura (-196º) produzindo um estado vítreo no embrião ou óvulo e por isto impede a formação de cristais de gelo e os consequentes danos celulares. A velocidade da diminuição de temperatura no congelamento convencional é de 0,3º C por minuto ao passo que na vitrificação é de 23º C por minuto ou seja, 70 vezes mais rápido.

Esta técnica confiável melhora a qualidade dos tratamentos de fertilização in vitro, é indispensável na MINI-FIV, Doação de Óvulos, Preservação da fertilidade, Mulheres com Câncer, Ciclos Naturais em FIV, e em situação que houver óvulos ou embriões excedentes.

Comments

comments